Alstroemérias: dicas fáceis para plantio e cuidados - Winterflor Floricultura
alstroemérias

Alstroemérias: dicas fáceis para plantio e cuidados

As Alstroemérias são o sonho de qualquer pessoa que ame flores: versáteis, multi coloridas, e simples de cuidar. Se você, por exemplo, é alguém que está começando agora a cuidar de flores, a espécie é perfeita para você. Mas se o seu caso já é uma paixão de longa data e ainda não tem uma flor dessa, até o final do texto você com certeza vai querer ter.

Por isso, hoje a gente vai te dar um guia completo de como cuidar das alstroemérias. Olha só o que você vai ler a seguir:

  • Características da espécie
  • Tipos
  • Formas de plantio e cuidados
  • Como protegê-las das pragas

E muito mais! Acompanhe:

alstroemérias
Arranjo de Alstroemérias singelas. Compre pelo site ou peça pelo WhatsApp.

O que é uma Alstroeméria: características e significados

As Alstroemérias são plantas naturais aqui da América do Sul. Aqui no Brasil, em especial, assim como no Chile, temos um ambiente fértil da espécie. O que caracteriza fisicamente esse tipo de flor é seu formato tuberoso, mais espesso. Não é à toa que elas são comparadas com os lírios, pela semelhança. Em alguns lugares você pode ouvir falar nas Alstroemérias como lírios peruanos, inclusive.

Esta planta cresce bem em climas quentes. E por falar em crescimento, ela cresce de verdade, chegando a medir de 2 a 3 metros de altura.

Historicamente, a espécie é cheia de significados. Além de ser uma das flores que representam amizade, ela também simboliza devoção e compromisso. Por isso, elas são frequentemente enviadas como presentes de aniversário, dia do amigo, entre outras datas.

Informações úteis sobre as alstroemérias:

  • As alstroemérias são plantas perenes, ou seja, duram muitos anos. Elas têm períodos de floração todos os anos nas estações mais quentes.
  • Nas estações frias, elas ficam verdes. Se ela começar a morrer, corte na altura da base para ela voltar a crescer.
  • O gás etileno emitido pelas frutas e vegetais frescos é prejudicial às alstroemérias, portanto, deixe esses alimentos longe delas.
  • Se elas forem plantadas em vasos, eles precisam ser grandes o suficiente para que o solo não superaqueça.

Tipos de Alstroemérias

Na prática, existem pelo menos 120 tipos da flor. E dentro dos tipos, uma variedade grande de cor. Elas surgem em flores amarelas, flores vermelhas, laranjas, brancas, rosas, roxas e algumas até misturadas. A seguir, vamos falar de alguns dos tipos mais bonitos.

Alstroeméria Bali
Alstroeméria Bali – foto: Proflowers.

Alstroeméria Bali

Este tipo aparece nesse lindo tom dourado, misturado com listras vermelhas e marrons. Essas cores vivas combinam com as estações mais quentes. A espécie se dá muito bem com o aumento da temperatura.

Entretanto, a Bali não cresce tanto quanto outros tipos da espécie, o que faz com que ela seja ideal para quem tem jardins pequenos e precisa plantá-las em vasos.

Alstroeméria candy
Alstroeméria Candy – foto: Proflowers.

Alstroeméria Candy

Esse nome vem mesmo de a flor lembrar os doces infantis, nessa simpática coloração rosa. Ao contrário do exemplo anterior, a Alstroeméria Candy pode chegar até 3 metros de altura.

E uma característica bem legal é que a Candy é bastante resistente. Isso é, portanto, um benefício para produtores iniciantes que, eventualmente podem esquecer de uma coisa ou outra nos cuidados.

fougere
Alstroeméria Fougere – foto: Proflowers.

Alstroeméria Fougere

A variedade Fougere é elegante e cheia de detalhes. Tanto quanto é linda, a Fougere é prática e pequena, crescendo até 30 centímetros de altura.

O porém da Fougere é que as pétalas podem causar pequenas irritações na pele. Por isso, faça um manuseio adequado utilizando luvas e mantendo longe de crianças e animais.

inca ice - alstroemérias tipos
Alstroeméria Inca Ice – foto: Proflowers.

Inca Ice

De tamanho, podemos, então, dizer que a Inca Ice é média. Sua altura chega até 1 metro. Aqui, estamos falando de uma alstroeméria mais delgada, ou seja, com folhas mais finas.

Nas cores, temos o amarelo mais cremoso ou o tom de damasco, com listras da cor do vinho por dentro.

Alstroemérias indian summer
Alstroeméria Indian Summer – foto: Proflowers.

Indian Summer

Indian Summer ou, em tradução livre, “verão indiano”, é uma variedade com cores bronzeadas, puxadas para o laranja e o dourado. Assim como a Inca Ice, ela é média, podendo chegar a 72 centímetros.

Quem gosta de borboletas no jardim, vai gostar de saber que ela as atrai, assim como outros insetos que dão, de fato, mais vida ao jardim.

Como cuidar das Alstroemérias: dicas de plantio

Quer que as suas Alstroemérias cresçam saudáveis? Então confira as dicas de plantio.

Sol, água e estações

Luz solar: as alstroemérias precisam ser plantadas numa área onde bata bastante sol. Mas é importante, também, que as flores peguem um período de sombra à tarde.

Água: a rega das alstroemérias devem ser feitas regularmente. Quando você plantá-las pela primeira vez, é muito importante que a parte do caule que fica embaixo da terra fique sempre molhado até que os primeiros brotos apareçam. Depois disso, quando a planta ficar estável, a rega tem que ser mais espaçadas para não deixar as raízes apodrecerem.

Estação: Apesar de as plantas amarem sol, a melhor época para o plantio é entre o outono e a primavera, onde as temperaturas não estão altas demais. Durante o verão, o ambiente de estufa é o ideal.

Toxicidade

As alstroemérias possuem, no entanto, uma toxina chamada de tulipalina, que é prejudicial aos animais. A tulipalina está na seiva da flor e pode causar irritação ao contato. Se for ingerida, a toxina pode levar o animal a ter reações. Porém, as alstroemérias não são plantas perigosas, as reações são mais como irritações desagradáveis como vômitos e coceira. O ideal é sempre lavar as mãos ao tocas as flores da espécie ou utilizar luvas.

Como proteger as alstroemérias das pragas e outros problemas

A toxicidade das alstroemérias tem pelo menos um benefício. Elas ajudam a afastar pragas animais. No entanto, alguns insetos podem causar transtornos. A planta pode acabar atraindo pulgões, ácaroes, lesmas e outros. E a importância de evitar as pragas é que elas podem transmitir doenças e fungos para as alstroemérias.

Um problema comum é o apodrecimento da raiz causada por fungos. Eles acabam atrofiando o crescimento da planta, deixando as hastes murchas. Esses fungos podem atacar a planta em caso de solos muito encharcados por longos períodos. Outra condição propícia para os fungos é quando uma alstroeméria é plantada muito perto da outra, pois isso pode levá-las a uma deficiência de filtragem do ar.

Em casos de doenças, remova todas as partes afetadas.

Outra coisa boa da planta é que ela é resistente, tanto que prospera no calor. Porém, temperaturas congelantes podem ser perigosas. Evite, por exemplo, plantá-las em lugares de sombra e, quando o frio bater de verdade, leve as alstroemérias para um abrigo.

Como fazer a remoção das alstroemérias

Para trocar a sua planta de lugar, aplique água suficiente parta manter o solo intacto na hora da remoção. E para retirar a planta, é importante manter também as raízes intactas.

No novo ambiente, a planta precisa, no entanto, se acostumar. Por isso, regue-a a cada dois ou três dias por pelo menos três semanas. Depois desse período, você pode aumentar os intervalos das regas.

Saúde da planta

A seguir, algumas dicas de cuidados pós-plantio para manter as alstroemérias saudáveis.

  • Utilize fertilizantes com alto teor de potássio.
  • Para promover o crescimento de novas flores, puxe as hastes em vez de cortá-las.
  • Retire as flores mortas.
  • Utilize folhagens mortas e secas para aquecer o solo da planta durante o inverno.

Quer uma Alstroeméria? Fale com a Winter!

Aqui na Winter tem tudo para você cuidar da sua alstroeméria e fazê-la durar muitos anos. O seu jardim nunca mais será o mesmo depois da chagada dessas flores. E para facilitar a gente tem os produtos no site ou você pode pedir pelo WhatsApp clicando aqui!

E sabe o que mais a gente tem? Muitas dicas de floricultura e jardinagem para você, aqui no site ou nas nossas redes sociais. Segue a gente lá no Instagram e no Facebook para não perder nenhum conteúdo.

Muito obrigado pela leitura!

WhatsApp
Precisa de Ajuda?